Musicalização Infantil

O curso de musicalização é recomendado a crianças a partir de, aproximadamente, 6 meses de idade para que elas tenham contato, de maneira lúdica e descontraída, com a música. Através da educação musical serão trabalhados vários aspectos do desenvolvimento humano como a socialização, alfabetização, inteligência, capacidade inventiva, expressividade, coordenação motora e tato fino, percepção sonora, percepção espacial, raciocínio lógico e matemático, estética.
A Musicalização Infantil é um poderoso instrumento de educação. Desenvolve na criança a sensibilidade musical, a concentração, a acuidade auditiva, o respeito a si próprio e ao grupo, a destreza do raciocínio, a disciplina pessoal, o equilíbrio emocional, entre outras qualidades que colaboram na formação do indivíduo.
Até mesmo antes de nascer, no útero materno, uma criança já toma contato com elementos fundamentais da música como o ritmo, através das vibrações e pulsações do coração da mãe.

Ao nascer, a relação de uma criança com a música é imediata, através do acalanto da mãe e também através de objetos sonoros da casa e do mundo que a cerca.
Antes de começar a falar, um bebê canta, experimenta sons produzidos com a boca, faz inúmeros balbucios. O ritmo da música leva-o a acompanhar com o corpo os movimentos cadenciados. É a partir dessa relação entre o gesto e o som que uma criança, ouvindo, cantando, imitando e dançando, constrói o seu conhecimento musical.

“Desde o segundo semestre de vida as minhas filhas praticam musicalização e percebi inúmeros benefícios , há a questão do desenvolvimento social da criança, devido a interação com os colegas, professores. A metodologia da Escola de Música Da Capo, onde elas fazem aula desde bebês, permite o desenvolvimento da musicalidade e noções corporais, de espaço, lateralidade… A abordagem é bastante lúdica, para as meninas, é tudo uma grande brincadeira!”.“A minha filha já chegou em casa falando sobre Mozart! Reconhece diversos instrumentos, uma experiência cultural bastante rica! ”Comenta Sabrina Turbay, Médica psiquiatra , mãe de Rebeca e Patrícia Turbay que fazem aulas de musicalização.

“A música é uma linguagem que ativa ambos os lados do cérebro e, assim, faz com que os hemisférios criem mais conexões. Quando ouvimos música há um predomínio do hemisfério direito para o processamento da melodia, harmonia e discriminação dos timbres; já o hemisfério esquerdo é predominante na discriminação do ritmo, duração e métrica. A criança que faz música está fazendo conexões o tempo todo, ao cantar, ao tocar ao ouvir, aproveitando mais os seus neurônios, a criança estará mais ativa e seu cérebro mais desenvolvido. Além de ajudar no desenvolvimento da sensibilidade auditiva, da percepção abstrata dos sons, despertando, assim, melhor aprendizagem e clareza na fala ou até mesmo na aprendizagem de outros idiomas, a música também aprimora o raciocínio lógico, por isso já foi constatado que a musica auxilia na aprendizagem da matemática. “ esclarece Zuleica Malucelli, professora de música.

Zuleica Malucelli é paranaense, de Irati , pedagoga, musicista, advogada. Especialista em Musicalização, em Gestão nas Organizações Educacionais e em Psicanálise na Educação. Viaja pelo mundo conhecendo escolas e abordagens educacionais para trazer o que há de melhor em educação de bebês e crianças pequenas.Foi pioneira no Paraná com aulas de musicalização para bebês e mamães, desde 1994.É diretora e coordenadora pedagógica da Escola de Música Da Capo em Curitiba, desde 1990; do Centro de Educação Infantil Aurora, desde 2009, e do Aurora Espaço Bebês desde 2014.
Na Escola de Música Da Capo as aulas de musicalização, para bebês e crianças, tem duração de 50 minutos com pianista e contação de histórias nas aulas.Os bebês devem sempre estar acompanhados de um adulto com o qual já tenha vínculo ( pai , mãe, tia, babá ou avós).

Dicas de brinquedos musicais na infância:
Cantar para criança ajuda no seu desenvolvimento, músicas variadas como: mpb, rock pop, infantis, ou músicas que os pais gostam.
Não se recomenda comprar brinquedos muito ativos, que façam tudo ao simples toque (som, música, movimento), também cuidar com relação à qualidade sonora destes brinquedos. Lembrar sempre: quanto mais ativo o brinquedo, mais passiva a crianças e vice-versa.
Ideal épresentear as crianças com instrumentos que sonoros como o xilofone , tambor,metalofone, chocalhos, pandeiros, caixinhas de música. Comprar, de preferência, em lojas especializadas de instrumentos musicais.

Serviço:
Rua Saldanha Marinho, 1734 – Bigorrilho, Curitiba
Telefone: (41) 3224-5924

Post Anterior
Próximo Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco + 16 =