Por que o inverno é uma boa época para procedimentos estéticos?

No inverno, mesmo com o Sol, o nível de raios ultravioletas diminui, e junto com ele ficam menores as chances de sensibilização da pele após procedimentos.

Peelings, lasers e cirurgias levam a uma pequena inflamação da pele que, em algumas pessoas, podem levar a cicatrizes e manchas, se expostos ao Sol. Portanto, o inverno é a melhor época para fazer estas intervenções e dar um “up” na sua pele.

Segundo a Dra Lauren Morais Dermatologista CRM PR 21348 RQE 16509, é durante o inverno que alguns dos principais procedimentos para a correção da estética são mais propícios. “Podem ser realizados peelings químicos, a luz pulsada e laseres (como depilação, remoção de tatuagens, manchas e olheiras).”

Entre abril e outubro, aqui em Curitiba, eu considero uma época mais favorável a realização dos seguintes procedimentos:

Peeling superficial – É um tratamento indicado para todos os tipos de pele, principalmente para as peles oleosas, com acne, manchas ou poros dilatados. No pós peeling há uma descamação fina por 5 a 7 dias, sendo necessário o uso abundante de hidratantes específicos, água termal e muito protetor solar. Ao final da descamação, temos uma pele mais uniforme e luminosa.

Peeling médio – É um peeling químico, um pouco mais agressivo que o superficial, porque atinge as camadas mais profundas da pele. É ideal para amenizar as linhas fininhas de rugas, além de cicatrizes como as de acne. A substância aplicada durante procedimento fará com que a pele fique avermelhada e ocorra uma descamação mais intensa que no peeling superficial, por até 10 dias.

Luz pulsada – Além de estimular colágeno, a tratamento é indicado para as manchas como sardas, pós inflamações, além de pequenos vasos faciais, rosácea e olheiras. Após o tratamento, a pele pode ficar discretamente avermelhada. Em média são necessárias 3 sessões com intervalo de um mês. As contraindicações principais são estar bronzeada ou gestante.

Além desses procedimentos, temos os queridinhos do ano todo.

Ultrassom microfocado – É indicado para estimular a produção de colágeno. Ele consegue atingir as camadas mais profundas da pele, ajudando no combate à flacidez. Traz um efeito de lifting facial de forma não invasiva e não cirúrgica. É indicado para qualquer tipo de pele.

Preenchimento – Ajuda a melhorar as linhas de expressão, as olheiras, o famoso “bigode chinês” e o contorno facial. É indicado para todos os tipos de pele.

Toxina botulínica – É um tratamento que ajuda a melhorar as linhas, tanto na testa quanto na

região inferior do rosto, melhorando o contorno facial. Ele também é indicado para todos os tipos de pele.

Dra Lauren Morais Dermatologista CRM PR 21348 RQE 16509

Graduação em Medicina, Universidade Federal do Paraná – UFPR

Residência em Clínica Médica – Hospital de Clínicas – UFPR

Especialização em Dermatologia – Hospital de Clínicas – UFPR

Fellowship – University of California, San Francisco – UCSF

Curso de Laser e Tecnologias – Harvard Medical School, Boston

Curso de Anatomia e Dissecção – MARK Institute , Miami

Membro da Sociedade Brasileira de Dermatogia (SBD)

Membro da American Academy of Dermatology (AAD)

Dados de serviços e agendamento:

https://www.dralaurenmorais.med.br/

Tel: (41) 3077-5029 WhatsApp: (41) 99213-5029

ENDEREÇO Av. Visconde de Guarapuava , 4628 Sala 902 – Ala DOC Batel contato@dralaurenmorais.med.br

Post Anterior
Próximo Post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

oito − 2 =